sábado, 24 de outubro de 2009

eu e mais eu (com ele) - 1



Bom, hoje decidi falar de mim..

Vulgo-me uma mulher complicada, pensativa e realista. Normalmente não vivo na ilusão de ter o que não posso, de insistir no que para mim é parte do céu, isto tudo no que toca a alguns assuntos.. porque noutros.. sou demasiado sonhadora.
No que toca a homens, sou um pouco terra-a-terra-para-não-me-lixarem, que é como quem diz, sou um bocado realista. Não me interesso por aquilo que sei que me será impossível género modelitos e populares, aqueles que têm namorada não por amor, mas porque é gira e boa e fica gira com a cabeça enfeitada.
Ora e isto por quê? Precisamente porque o amor nunca está de comum acordo comigo.
Isto tudo seria perfeito, até porque a minha estabilidade emocional foi-se construindo comigo solteirissima, mas obra do destino ou não, aparece um "gajo" daqueles que eu nunca esperei que existisse.
A coisa começa como cão e gato, ou como gato e rato se preferirem..
Tivemos de tudo, um mata outro esfola, contudo nem isso me afastava do "bicho" , pelo contrário o torna para mim um tanto ou quanto interessante..

Os tempos passam e há sempre um(a) gentil amizade que se intromete e estraga a coisa. Apesar de nos darmos francamente mal, tinha mistério, interesse, atracção.
Essa nossa relação de amor-ódio dava um certo gostinho, ora amargo ora doce, mas saboroso..

O tempo tudo cura, mas há coisas que nunca mudam..

6 comentários:

Luh disse...

"O tempo tudo cura, mas há coisas que nunca mudam.. "
Bingo.

Madúú disse...

Amooo o texto , continua !
Em frente é o camiinho , não vale a pena olhar para trás , com as decepções é que aprendemos a transformar as nossas acções.
Beijinhoo

Foxy disse...

Minhas queridas, só quero informar que esta história ainda não terminou, erro meu :/

Aguardem.. ;)

Beijinhos e obrigada

Isabel disse...

Concordo mesmo com a última frase ^^

Marilena' disse...

Gostei :)

Foxy disse...

Isabel e Marilena'

Obrigada :)